Série Petrobras

Realizar apresentações nas cidades onde há presença Petrobras é o objetivo da Série Petrobras, que abrange também centros culturais de projeção nacional e internacional.

Série Ouro Preto

Com o objetivo de privilegiar o rico patrimônio cultural edificado na antiga Vila Rica, fixando-a como espaço privilegiado para se fazer e ouvir música, a Série Ouro Preto reúne apresentações pela cidade sede. Destaque para o Teatro Municipal (Casa da Ópera) – o mais antigo Teatro das Américas em funcionamento –, as centenárias Igrejas de São Francisco de Assis, Nossa Senhora do Carmo, Nossa Senhora do Pilar e o Santuário Nossa Senhora da Conceição.

Série Orquestra nos Distritos

Visando à formação de público e a democratização do acesso à música, a Orquestra Ouro Preto propõe, através da Série Orquestra nos Distritos, apresentações nos 12 distritos do extenso município de Ouro Preto. Semestralmente, a Orquestra tem encontro marcado com as comunidades distritais entre os meses de julho e dezembro. Os concertos têm caráter artístico-pedagógico, fundamentados na inserção cultural das comunidades dos distritos da cidade sede.

Série Orquestra nos Bairros

Buscando o público de bairros afastados do centro e observando respeito à cultura popular, a Série Orquestra nos Bairros reúne apresentações na cidade de Ouro Preto. A série é constituída por concertos de natureza artístico-pedagógica, a fim de promover a inserção cultural das comunidades afastadas da efervescência dos espaços tradicionais da agenda ouro-pretana.

Série Cantigas de Bem Querer

Um passeio lúdico pelo cancioneiro popular do Brasil é o que propõe a Série Cantigas de Bem Querer, que dispõe de espetáculos cênico-musicais. No espetáculo, dois bonecos se juntam à Orquestra Ouro Preto, conduzindo o público às raízes da cultura popular brasileira por meio de brincadeiras e canções, tais como O Cravo Brigou com a Rosa, Cai-cai Balão e Terezinha de Jesus, dentre outras. Esta última, cenicamente ambientada em Vila Rica, com alusão ao romance de Marília e o poeta Tomás Gonzaga. Todas as canções são arranjos do maestro alemão Ernst Mahle, naturalizado brasileiro em 1962.

Série The Beatles

Uma vibrante viagem sonora pela biografia musical do quarteto de Liverpool. Obras imersas no imaginário popular mundial são reapresentadas ao público sem a participação vocal na Série The Beatles. Ao abranger todo o período de produção da banda, a série renova a paixão pelo repertório “Beatles”, seduzindo as novas gerações pela descoberta incrível, onde o “antigo” torna-se “novo” pela qualidade e genialidade do grupo.  Nesta série, a universalidade melódica das músicas dos Beatles emerge, de forma ainda mais latente, por meio da união inusitada entre os músicos da Orquestra Ouro Preto e uma banda de rock. No repertório, dentre outras, canções de rara beleza como Eleanor Rigby, Penny Lane, Yesterday, Let It Be e Hey Jude.

Série Auto de Natal

Por meio da música e do teatro e com o intuito de levar ao público o espírito do Natal, a Série Auto de Natal é um espetáculo que resgata o sentimento de compaixão e solidariedade. Na Série, os bonecos Tatá e Lili juntam-se à Orquestra, em um mundo de sonho e imaginação. O diálogo entre música e teatro culmina na participação do público, através da partilha da emoção e do espírito de fraternidade.

Série Valencianas

Valencianas é uma homenagem da Orquestra Ouro Preto a Alceu Valença. Com a presença do cantor como solista nos vocais, o espetáculo foi criado com  referência no imaginário poético do cancioneiro do compositor pernambucano que, pela primeira vez em sua carreira, teve parte de sua extensa obra arranjada para música de concerto. Canções como Anunciação, La Belle de Jour, Coração Bobo e Sino de Ouro ganharam contornos orquestrais, em um espetáculo imperdível. Gravado ao vivo, no Grande Teatro do Palácio das Artes, Valencianas foi lançado em cd/dvd. Valencianas venceu a 26ª Edição do Prêmio da Música Brasileira, na categoria melhor álbum de MPB de 2014.

Série Latinidade

Com o propósito de reforçar a identidade musical latina, a Série de Concertos Latinidade é fundamentada na efervescência cultural da América Latina, com ênfase na música brasileira de concerto.

Série Entre Sinos Tambores e Amores

A série da Orquestra Ouro Preto, em parceria com a Estandarte Cia. de Teatro, apresenta o espetáculo cênico-musical Entre Sinos Tambores e Amores ou Um Causo para Várias Melodias. No roteiro, um conto de amor entre um casal e histórias vinculadas à tradição oral ouro-pretana, transportam o público para um passado nostálgico, dos tempos dos tropeiros e das paixões impossíveis. No repertório: marchinhas de carnaval, dobrados e outras peças inspiradas no legado musical de Ouro Preto.

Oito Estações

O barroco do italiano Antonio Vivaldi (1678 – 1741), junto ao tango do argentino Astor Piazzolla (1921-1992) resulta no concerto Oito Estações – Vivaldi e Piazzolla. A união dos dois grandes artistas, de diferentes épocas, apresenta, por meio da música, maneiras distintas para falar das estações do ano e da passagem do tempo. O concerto é a junção das “Quatro Estações” de Vivaldi e das “Estações Portenhas” de Piazzolla. Em 2013, o trabalho foi registrado em formato duplo CD/DVD (este último, gravado nos salões do Tauá Grande Hotel Termas, em Araxá).

Série Concertos Didáticos

A Série Concertos Didáticos, é constituída por apresentações de natureza artístico-pedagógica, a partir de concertos que tem como objetivo democratizar o acesso à música erudita.   Aliada às apresentações, a OOP distribui material educativo que reúne, de forma lúdica, brincadeiras como caça-palavras, labirinto, ligue os pontos e jogo dos sete erros; apresentando conceitos e singularidades presentes no ambiente musical de uma orquestra. Direcionado a crianças e jovens, o almanaque pode ser utilizado em sala de aula, como material de apoio em aulas de artes.