Orquestra Ouro Preto e Nelson Ayres fazem apresentação em Ouro Preto

By 23 de outubro de 2015Sem categoria

Concertos marcam a reinauguração da Casa da Ópera – Teatro Municipal

A Orquestra Ouro Preto realiza concertos em Ouro Preto, nos dias 22 e 23 de Outubro, no Teatro Municipal – Casa da Opera, na reinauguração do histórico teatro, convidando o pianista e arranjador Nelson Ayres. As apresentações serão às 20h30. Informações de retirada de ingressos no Departamento de Promoção Cultural da Prefeitura Municipal de Ouro Preto, pelo 3559 – 3256.

Reconhecido como uma das personalidades mais importantes da música instrumental brasileira contemporânea, o compositor, regente e pianista Nelson Ayres tem seu nome ligado a trabalhos de grandes referências da música popular brasileira e mundial, como Benny Carter, Dizzie Gilespie, Chico Buarque, Vinicius de Moraes, Edu Lobo, Gal Costa, Milton Nascimento, Ron Carter e Airto Moreira.

O repertório conta com músicas assinadas por Nelson como Vitor, Perto do Coração, Veranico de Maio e Cidade Encantada, passando por Villa-Lobos, Ernesto Nazareth e Piazzolla, abrangendo também a obra de Tom Jobim, Edu Lobo e Chico Buarque, em arranjos inéditos, especialmente escritos para esse encontro especial.

A apresentação une a excelência e versatilidade da Orquestra Ouro Preto, ao legado musical de Nelson Ayres, em um concerto para piano e orquestra de cordas, propondo o transito entre os universos da música popular e erudita, combinação marcante na biografia da formação mineira e do pianista paulista.

 

SOBRE NELSON AYRES

Foi maestro da Orquestra Jazz Sinfônica do Estado de São Paulo, e o principal responsável por seu enorme sucesso. Tem regido frequentemente outras orquestras no Brasil e no exterior, incluindo a prestigiosa Orquestra Filarmônica de Israel.

Como pianista, pode ser encontrado liderando o Nelson Ayres Trio, dividindo o palco com Monica Salmaso, ou continuando a trajetória que vem desde 1978 do prestigioso quinteto instrumental Pau Brasil. Com o CD Villa Lobos Superstar o grupo conquistou os títulos de Melhor CD e Melhor Grupo Instrumental no Prêmio da Música Brasileira 2013.

Tocou e gravou com Benny Carter, Dizzy Gillespie, Toots Thielemans Airto Moreira e Flora Purim, Ron Carter, Walter Booker, Vinícius de Moraes, Chico Buarque, Edu Lobo, Simone, Nana e Dori Caymmi, Milton Nascimento, Gal Costa e muitos outros grandes nomes do jazz e MPB. Com César Camargo Mariano, estrelou em 1984 o espetáculo Prisma, primeiro show brasileiro a usar intensivamente recursos de computação aliados a instrumentos eletrônicos.

Foi comissionado pela Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, para compor seu Concerto para Percussão e Orquestra, indicado para o Grammy Latino 2011 como melhor CD de música clássica. Seus CDs Perto do Coração, Mantiqueira e Paixão são considerados grandes clássicos da música instrumental brasileira, merecendo extensos elogios da crítica.

 

 

 

OOP

About OOP

Leave a Reply