Orquestra Ouro Preto faz apresentação em Belo Horizonte

By 25 de agosto de 2015Sem categoria

No dia 15 de novembro (sábado), a Orquestra Ouro Preto volta a Belo Horizonte para apresentação única. O concerto é gratuito e acontece às 11h, no MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal, localizado à Praça da Liberdade. 

Com a regência do Maestro Rodrigo Toffolo, o repertório transita entre composições nacionais, latino-americanas e estadunidenses. Dentre essas, destaque para a Suíte Americana com arranjos sobre temas tradicionais da música popular e de concerto dos Estados Unidos como Amazing Grace, Rhapsody in Blue e Singin’in the Rain. 

Dobrado Dois Corações (Pedro Salgado) compõe o repertório nacional, com arranjo do violinista Mateus Freire. E o compositor argentino Rufo Herrera – membro fundador da Orquestra Ouro Preto -, faz participação especial no concerto ao bandoneon, assinando arranjos para os tangos El Choclo (Ángel Villoldo), La Cumparsita (Gerardo Matos Rodríguez) e Libertango (Ástor Piazzolla).

Encerrando o espetáculo, Máquina de Escrever, composição de Leroy Anderson que ficou conhecida pela famosa cena do filme “Who’s Minding The Store?” (1963), em que o comediante Jerry Lewis toca uma máquina de escrever imaginária. 

A Orquestra Ouro Preto conta com o patrocínio da Gerdau, Petrobras, Prefeitura Municipal de Ouro Preto e apoio da Gasmig. 

Orquestra Ouro Preto registra músicas de Vivaldi em trabalho inédito no Brasil

Em Outubro, a Orquestra Ouro Preto gravou obras do compositor italiano Antonio Vivaldi. O cenário das gravações foi MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal que integra o circuito cultural da Praça da Liberdade. Com lançamento previsto para o início do próximo ano, quando a Orquestra completa 15 anos de atividades, o DVD teve direção de João Flores (Alicate.tv), com concepção e roteiro de João Flores e Maestro Rodrigo Toffolo e produção de gravação, edição, mixagem e masterização do Engenheiro de Som alemão Ulrich Schneider. 

No projeto, Vivaldi e o universo da música barroca são reverenciados. Formado por nove mini-concertos, Concerto para Orquestra de Cordas remete ao trabalho de Vivaldi como professor de Música e Mestre de Violino na “Ospedalle della Pietá”, localizada em Veneza. Rodrigo Toffolo aponta que escolha do repertório vincula-se a uma das linhas de atuação da Orquestra Ouro Preto, que diz respeito à universalidade da música, tendo como base a música de concerto. “Concerto para Cordas ganha, pelas mãos da Orquestra Ouro Preto, registro inédito no Brasil”, comenta Rodrigo, dizendo ainda que o DVD sugere um passeio pelos espaços do Museu, que foi inaugurado em 2013.

Texto: Andrezza Lima e Lara Cúrcio

Foto: Nathalia Torres

OOP

About OOP

Leave a Reply