ABERTURA DA TEMPORADA 2019

By 8 de março de 2019Notícia

TIRANDO A CASACA

A Orquestra Ouro Preto abre o ano de 2019, promovendo um encontro com um dos grandes nomes da cultura popular brasileira. Ao lado do multiartista pernambucano Antônio Nóbrega, o grupo dá o ponta pé inicial na temporada de concertos, com o espetáculo Tirando a Casaca. O concerto será realizado no dia 17 de março, às 11h, no Grande Teatro do Sesc Palladium, em Belo Horizonte. Os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos ao valor de R$20 (inteira) e R$10 (meia), pelo www.ingressorapido.com.br ou na bilheteria do teatro, localizado à Rua Rio de Janeiro, 1046, Centro.

Tirando a Casaca: Orquestra Ouro Preto e Antônio Nóbrega

A parceria entre a Orquestra Ouro Preto e Antônio Nóbrega teve início há três anos, em apresentação única, em Belo Horizonte. Esta união assombrou o público presente que, à época, lotou o Grande Teatro do Sesc Palladium, emocionando milhares de pessoas.

Considerado um dos mais versáteis e completos artistas da atualidade, Nóbrega é um marco na música brasileira, responsável por inserir um novo modo de conceber e tratar o som, com foco na busca pelas origens da música genuinamente nacional. Instrumentista, cantor, bailarino e compositor, a obra de Nóbrega funde-se com diversos aspectos da cultura do país, surpreendendo pelas possibilidades de novos sons.

“Tirando a Casaca” é um espetáculo que une a música de concerto, música popular e dança, tendo como protagonistas a Orquestra Ouro Preto e Nóbrega que prestam homenagem a Ariano Suassuna e ao Movimento Armorial, convidando o público a um mergulho profundo nas raízes musicais brasileiras, a partir de obras que viajam entre o frevo, o maracatu e outros ritmos nordestinos.

No repertório, o espetáculo reverencia a obra de Nóbrega e de compositores que fizeram parte do Movimento Armorial, a exemplo de Capiba. Através da dança, da voz e da orquestração, a união entre esses dois universos resulta em releituras inéditas de peças como Mateus Embaixador, Canjiquinha, Despedida, Tirando a Casaca e Galo de Ouro, Mourão e tantas outras.

Temporada 2019

E 2019 promete. Além de concertos em Minas Gerais e no País, marcando presença no interior e em grandes capitais, ao lado de grandes artistas da música brasileiras como Alceu Valença e Ivan Lins, a Orquestra Ouro Preto dedica atenção especial a projetos educativos e culturais.

Com ênfase na música como elemento de transformação social, a Orquestra Ouro Preto retoma as atividades do Núcleo de Apoio a Bandas e Orquestras, que completa 3 anos este ano e a Academia Orquestra Ouro Preto, formação jovem do grupo que faz seu debut em 2019.

OOP

About OOP

Leave a Reply